25 de maio de 2022

Você sabe o que é fotofobia? Entenda as suas causas e sintomas!

Nossos olhos são estruturas tão sensíveis quanto importantes, o que demanda que tenhamos o máximo de carinho quanto pensamos em termos de cuidados relativos com a visão. Aprender mais sobre as patologias que afetam o seu funcionamento é altamente recomendável e, por isso mesmo, preparamos um post explicando o que é fotofobia.

Tal condição está presente na vida de muitas pessoas, embora ainda permaneçam muitas dúvidas e questionamentos a respeito do tema. No entanto, a sua principal característica é bastante reconhecia: a sensibilidade à luz. Você já sentiu isso? Então, continue a sua leitura e aprenda mais sobre o assunto!

Quais as causas da fotofobia?

Antes de mais nada, é preciso entender que nossos olhos são estruturas frágeis e altamente especializadas. Por isso, é normal que tentem se proteger da luz. Contudo, quando a reação é exagerada, é possível que a pessoa sofra de fotofobia. Isso é mais comum em pessoas com olhos claros, como verdes e azuis, pela sua menor capacidade em absorver pigmentos.

O mesmo ocorre na presença de determinadas doenças congênitas da retina, como a ausência de íris ou albinismo, bem como na catarata, glaucoma e uveíte. Quem tem enxaqueca ou convulsões também costuma fugir da luz e a sensibilidade aumentada também se faz presente no uso de lentes de contato, no astigmatismo, depois de cirurgias oculares e assim por diante.

Como deve ser feito o diagnóstico?

O diagnóstico da fotofobia deve ser feito por um médico capacitado, especialmente um oftalmologista, que é o especialista responsável pela saúde dos olhos. Ele realizará a chamada anamnese, que é uma entrevista dirigida na qual o profissional tenta compreender o histórico do paciente e a presença de sintomas associados.

É nesse momento que ele analisará se você tem alguma causa específica para o problema, como características e doenças crônicas, bem como se faz uso de drogas recreativas ou alguns remédios, como fenilefrina, furosemida ou escopolamina, que podem predispor à condição. Ao final, ele também deve realizar alguns exames específicos.

Qual o tratamento indicado para fotofobia?

O tratamento indicado para a fotofobia, logicamente, dependerá da causa. Quem tem uma doença de base deverá controlá-la, assim como quem toma certos remédios pode optar por outras propostas terapêuticas e quem utiliza drogas recreativas deve cessar o seu uso. Mais uma vez, a conduta adequada só pode ser traçada pelo oftalmologista responsável.

É importante ressaltar que o uso de óculos pode ajudar a amenizar esse problema, aliviando bastante os sintomas. Obviamente, eles precisam ser feitos com a prescrição médica e com lentes no grau adequado. Modelos polarizados, escuros e/ou com proteção UV podem oferecer uma ajuda a mais, especialmente em ambientes ensolarados ou muito claros.

Agora você já sabe o que é fotofobia! Não menospreze a importância de consultar um profissional especializado e de confiança, além de optar por uma ótica com produtos de qualidade para o tratamento!

Gostou de aprender o que é fotofobia? Quer conferir mais conteúdos? Então, não deixe de seguir nossos perfis no Facebook, no Instagram e no YouTube!

Compartilhe nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Mais postagens

Estamos em todo Brasil

Encontre a loja Mercadão dos Óculos mais próxima de você

Informações

1

MERCADÃO DOS OCULOS SOL E GRAU FRANCHISING LTDA - CNPJ 21.116.022/0001-91 - Todos os direitos reservados.

Rolar para o topo